Manter o foco é uma tarefa que pode (e deve) ser aprendida

A sociedade moderna tende a enaltecer algo que não é natural do ser humano: a multitarefa. A importância dada a essa característica é uma enorme falácia: manter o foco é o melhor caminho para sermos pessoas mais produtivas e bem-sucedidas. Continue lendo...

A sociedade moderna tende a enaltecer algo que não é natural do ser humano: a multitarefa. A importância dada a essa característica é uma enorme falácia: manter o foco é o melhor caminho para sermos pessoas mais produtivas e bem-sucedidas.

Muitas vezes, parece uma tarefa difícil manter-se focado, ainda mais com o bombardeio de informações que recebemos a todo instante.

Quando nos damos conta, estamos com inúmeras abas abertas no navegador, um vídeo (que não está sendo assistido) passando no Youtube e tarefas que estão aguardando para serem feitas há dias.

 class=

A boa notícia é: manter o foco é algo que pode ser aprendido. Por isso, escrevi este texto especialmente para você.

Antes de tudo, entenda como funciona o foco

Daniel Goleman, psicólogo e autor do livro Inteligência Emocional, revolucionou os anos 90 mostrando que o controle das próprias emoções é tão importante quanto o quociente de inteligência de uma pessoa.

Há alguns anos, Goleman lançou outro livro: “Foco”. Mais uma vez, o escritor lançou luz sobre essa questão que tanto nos afeta como sociedade hoje em dia.

Nesse livro, ele afirma que existem três tipos de foco:

  • foco interno: é a partir do foco interno que poderemos compreender e controlar nossas emoções;
  • foco nos outros: é a partir do foco nos outros que podemos ouvir as outras pessoas, entendê-las e, assim, nos colocar no lugar delas para compreendermos seus sentimentos;
  • foco no mundo: é a partir do foco no mundo que podemos dar atenção ao que acontece à nossa volta e a como a nossa reação a tudo isso impacta no mundo.

Podem parecer focos muito distintos, mas esses três tipos de foco estão relacionados. É preciso um bom autoconhecimento, o foco interno, para poder entender as emoções alheias e o nosso papel no mundo.

Separei algumas técnicas e exercícios que vão ajudar-lhe a desenvolver os três tipos de foco.

Saiba como desenvolver cada tipo de foco

Muitos pensam que o foco é uma forma extrema de atenção. A capacidade de se manter atento pode variar de pessoa para pessoa, e algumas podem ter mais facilidade para manter o foco. Como outras habilidades, você também pode treinar e fortalecer ela.

 class=

Separei dois exercícios simples para você fazer no seu dia a dia. São exercícios concebidos pela revista Scientifc America.

Com alguns minutos diários, você já pode começar a treinar. Com o tempo, é interessante aumentar o período dedicado para estes exercícios:

1- Contar e recontar

Escolha um texto. Pode ser a página de um livro ou mesmo este texto que está lendo agora, mas ficará mais fácil se o texto estiver impresso.

Conte o número de palavras que existem no texto. Ao terminar, reconte. O número da primeira contagem foi igual ao segundo? Repita o exercício algumas vezes até obter duas contagens seguidas iguais.

2- Imagem real e imagem mental

Escolha um objeto do dia a dia, qualquer um. Sente-se confortavelmente e coloque esse objeto na sua frente. Olhe fixamente para o objeto e concentre sua atenção nele.

Deixe que o objeto tome conta do seu espaço mental. Sempre que perceber que a sua atenção fugiu, pare e volte a se concentrar no objeto.

Com o tempo, aumente o tempo desse exercício e lembre-se: nunca julgue o objeto. Você não deve pensar que ele é verde ou está sujo. Deve apenas observar e deixar que ele ocupe a sua mente.

Numa segunda fase, tire o objeto da sua frente, feche os olhos e visualize-o na sua mente. Sempre que sua mente escapar do objeto, pare e retome. Com a tempo, verá que é cada vez mais fácil manter-se focado.

Esses dois exercícios simples podem ajudar-lhe muito a melhorar a sua capacidade de manter o foco. Faça-os por alguns dias com comprometimento e garanto que você perceberá a diferença.

Agora que você começou a entender melhor sobre a importância de manter o foco, assista ao vídeo em que conto mais sobre como parar de procrastinar para deixar de ser o expectador de sua própria vida e assumir o protagonismo que você merece.

Vá em frente!

 class=
Quer ser avisado(a) de novos artigos? Cadastre em nossa Newsletter

Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Compartilhe este artigo:

o que você precisa saber

na sua caixa de entrada

Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
artigos recentes
ainda relevantes
você pode gostar

Efeito Dunning-Kruger

Será que somos tão bons no que fazemos quanto pensamos? Para compreender o Efeito Dunning-Kruger acompanhe essa história: Em 6 de janeiro de 1996, McArthur

Leia Mais »
Controle sua Privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando neste site você declara estar cientes dos termos abaixo:

Política de privacidade – Termos de Uso

Abrir bate-papo
1
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?