Como desenvolver Inteligência Emocional – Conheça 10 segredos

Você sabe quais são os 10 segredos da inteligência emocional (IE) que podem mudar a sua vida pessoal e profissional para sempre?

De acordo com a revista Psychology Today:

“Inteligência emocional é a capacidade de identificar e gerenciar suas próprias emoções e, muito importante, a dos outros também.”

Isto envolve 3 características:

  • A consciência das suas próprias emoções e a dos outros;
  • A capacidade de aproveitar bem as emoções e aplicá-las para a resolução de problemas;
  • A capacidade de dominar suas emoções e se controlar quando parece que irá perder a calma.

Se você quer saber se tem uma alta inteligência emocional (IE) ou quer reforçá-la, a fim de ter sucesso na vida e sua carreira, aqui estão 10 qualidades que você deve dominar.

1 – Evitar ser Perfeccionista

Em primeiro lugar, procurando a perfeição, você corre o risco de nem começar as coisas e até deixar de completá-las.

Por quê?

  • Vê problemas para começar;
  • Procrastina;
  • Procura a resposta perfeita, quando não há.

É por isso que as pessoas com inteligência emocional evitam ser perfeccionistas e correm para logo começarem tudo o que se propõem a fazer. Elas percebem que a perfeição não existe e vão em frente. Se cometem um erro, vão fazendo ajustes, aprendendo com eles e se aprimorando.

Então, esta é uma das qualidades que você, pessoalmente, tem que trabalhar diariamente. Ponha logo o seu “barco no mar“!

2 – Saber equilibrar trabalho e lazer.

As pessoas com inteligência emocional sabem quando é hora de trabalhar e quando é preciso se desconectar.

Portanto, é muito importante o seu autoconhecimento para determinar quanto tempo você irá dedicar ao trabalho diário e ao que é necessário para recarregar suas baterias.

Só você mesmo é capaz de avaliar quanto tempo precisa para relaxar e evitar atingir níveis prejudiciais de estresse. Portanto, negocie com você mesmo, balanceie seu tempo e crie uma agenda de rotina, respeitando o devido tempo para cada coisa.

3 – Aceitar a mudança

Você precisa aceitar que as mudanças são inevitáveis na vida. O medo da mudança faz você se agarrar ao “velho” e dificulta muito para o alcance do sucesso. Pergunte-se, por exemplo: O que eu faria se eu perdesse meu emprego? A quem eu procuraria? E se eu tivesse de mudar de cidade, de estado, ou de país?

O segredo é você ter em mente caminhos para enfrentar possíveis dificuldades com um plano B pronto para colocar em prática.

4 – Manter o foco

Pessoas com alta inteligência emocional têm a capacidade de prestar atenção para a tarefa em mãos. E também não são facilmente distraídos por mídias sociais, e-mails, ou pensamento aleatório.

Atualmente, com grande quantidade de informações que temos na palma das mãos, é fácil se distrair com excesso de informações que podem nos distanciar do nosso foco. Portanto, saiba filtrar e concentrar-se nos seus objetivos.

5 – Ser Empático

A empatia é uma das cinco componentes da inteligência emocional. De fato, ser capaz de se relacionar com os outros, dispor de tempo para ajudar alguém, são componentes cruciais da inteligência emocional. Além disso, tornar-se interessado pelas pessoas conduz a empatia. Portanto, sempre que conhecer alguém faça perguntas sobre como as outras pessoas pensam, agem ou o que gostam, etc.

6 – Conhecer seus pontos fortes e fracos

Pessoas emocionalmente inteligentes sabem o que é bom e o que não é para si mesmas. Elas conhecem bem os seus pontos fortes e fracos. Assim, se você tem esta consciência, poderá oferecer ajuda naquilo que tem a certeza de que será contributivo e se aproximar de pessoas que, em troca, compensem os seus pontos limitantes.

7 – Ser auto-motivado

Você era aquele garoto ambicioso e trabalhador que foi motivado para alcançar um objetivo – e não apenas porque havia uma recompensa no final?

Pois é, esta é outra qualidade observada nas pessoas com inteligência emocional. Ter motivação própria e não depender de mais ninguém. Por exemplo: Se você, quando viaja, quer saber tudo sobre o lugar que vai visitar; quando lê, brilha os olhos para o assunto que interessa a você; quando conhece uma nova pessoa, se interessa por ela, enfim. A automotivação faz de você, naturalmente, uma pessoa curiosa.

8 – Não se prender ao passado

Pessoas com alta inteligência emocional não têm tempo para pensar no passado, porque elas estão muito ocupadas contemplando as possibilidades que o amanhã trará. Elas não deixam os erros do passado consumi-las com a negatividade porque sabem muito bem que isto aumenta o stress e as impedem de avançar. Portanto, tenha planos e olhe para a frente!

9 – Focar no positivo

Pessoas emocionalmente inteligentes preferem dedicar seu tempo e energia para resolver problemas. Em vez de insistirem no negativo, elas se concentram no que há de bom. Além disso, aproximam-se de pessoas que tenham essa característica. Logo, evite queixar-se e tenha muita proatividade. Isto também contamina as pessoas e forma um círculo virtuoso ao seu redor.

10 – Estabelecer limites

Se é difícil para as pessoas estabelecerem limites no relacionamento interpessoal, ao contrário é uma tarefa simples para as pessoas com alta inteligência emocional.

O fato de, naturalmente, dominarem a técnica da   cortesia e da bondade vai conquistando com o tempo alta credibilidade e, portanto, sabem como dizer não para os outros, sem o medo de serem rejeitados.

Isso os impede de ficarem sobrecarregados com excesso de compromissos. Logo, trabalhe com maestria essa qualidade.

inteligência emocional

Business Insider – tradução livre por João Francisco

4 respostas

    1. Opa Gilson, legal que você tenha apreciado. Já que você falou em reflexão, sempre a recomendo pela manhã, uns minutinhos antes de sair de casa, ok? É quando a sua mente está mais relaxada e atenta porque ainda não se submeteu aos diversos estímulos do cotidiano. Vai fazer bem para você. Pode ser durante o café da manhã. Se puder acorde mais cedo que os outros. Terá uma atenção maior. Vá em frente!!

  1. Bom dia João, tudo bem?
    Gostei muito dos artigos aqui aplicados, hoje estou em um novo desafio pela empresa que trabalho e com o conteúdo que estou lendo do seu trabalho está me ajudando muito a enxergar novos horizontes.
    Um grande abraço.

    1. Opa Gilson, ótimo que esteja sendo útil para a sua carreira. Comente sempre sobre os impactos no dia a dia, ok? Quem sabe debatemos estes palpitantes temas com mais pessoas interessadas no canal. Sucesso!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O que você procura?

Sobre João Francisco

O termo Impact Player nasceu do esporte, sendo associado a jogadores que fazem a diferença apenas por estarem em campo, capazes de elevar a confiança de um grupo com sua presença. 

Ou seja, um Impact Player é aquele que faz jogadas individuais incríveis, no entanto, seu principal valor está no papel estratégico que exerce sobre o seu ambiente, no momento em que sabe que o sucesso não é alcançado repentinamente.

Posts recentes

Posts populares

Open chat
Podemos Ajudar?