Skip to content

7 segredos: como planejar uma carreira de sucesso

Você valoriza a vida”? 

Essa era uma pergunta que Benjamin Franklin fazia.

E ele prosseguia:

“Tudo o que o que você quer conquistar é determinado por quanto do seu tempo você está disposto a doar para adquiri-lo”. 

Então, vamos começar falando desse bem tão precioso: o seu tempo, pois esse é o bloco mais básico de que a vida é feita. 

E para prosseguir você deve adicionar a essa, uma outra condição: suas forças inatas.

É desenvolvendo essas forças que você irá  obter o maior resultado e satisfação no que faz.

Então, até aqui você deve registrar esses dois pontos: o tempo e as suas forças.

Agora, vamos dar mais um passo.

Responda para você mesmo (a) essas 3 perguntas:

  1. Você já sabe o que quer fazer da sua vida?
  2. Já sabe também o que você faz bem?
  3. E mais ainda: sabe o que pode trazer a você maiores recompensas?

Se sim, já é um grande avanço e então, eu posso dizer: 

  • Você já pode se colocar no ponto de partida e reunir todos os seus esforços para obter o melhor de si mesmo.

Vamos agora planejar a sua carreira?  

Agora você irá fazer o seu planejamento estratégico pessoal. 

Primeiro você deve pensar em como ter a melhor utilização possível do seu tempo e energia na realização das suas atividades. 

Por que?

É que para a construção de uma ótima carreira e uma vida em harmonia, além de utilizar seu maior ativo que é o seu tempo, você precisa também de sua capacidade de pensar, agir e obter resultados. 

E atente para a importância desse passo, o modo como você utiliza essas capacidades é que determinarão a qualidade e a quantidade das suas recompensas.

Mas, você deve estar se perguntando:

“Como devo proceder?” 

Para responder essa pergunta, vamos aos 7 segredos:

1º – Defina os seus valores pessoais

Para definir seus valores pessoais você deve se questionar:

Que valores e virtudes eu mais admiro e desejo praticar em minha vida?”

É possível que você tenha em mente uma pessoa de referência que você admire e deseja se espelhar.

Independente de quem você escolha como referência, poderá adotar valores profissionais como: qualidade e excelência no que produz, bons serviços, inovação e a remuneração que quer alcançar.

Existem dezenas de valores que você pode escolher.

Mas não pule ou subestime essa parte do seu plano. Leve isso muito a sério, ok?

Aquilo que você escolher e a ordem de prioridade que você colocar nessa sua escolha, determinará a sua forma de abordar o seu trabalho.

Só estabeleça como um valor seu, aquilo que você possa entregar e mais: que seja percebido e reconhecido por esse valor.

E você só tem certeza desse valor quando tem a garantia de que as pessoas pagariam para ter seu produto ou serviço. ( ou ainda, contratariam você.)

2º – Declare sua missão pessoal

Você irá dizer que isso é coisa de empresas, não é? 

Pois é, mas será que você não pode se considerar um “Você S/A” e ser um CEO de si mesmo(a)?

Verá que não é complicado e que vale a pena se destacar dessa forma. 

Depois de ter decidido aonde você quer chegar e quanto você quer ganhar, você precisa descrever a missão pessoal.

Quer uma boa referência?

Novamente pense naquele profissional que você admira.

Agora descreverá o tipo de profissional que você pretende se tornar para ganhar o valor em dinheiro que você imagina. Essa é uma maneira bem prática de fazer aquilo que muita gente diz que é complicado.

Escreva isso num papel para você mesmo (a). E só para você se inspirar e lembrar todos os dias!

 Quer um exemplo de missão pessoal para ficar mais claro?

Veja:

Sou um(a) excelente vendedor (a), bem organizado (a), trabalhador (a), totalmente preparado (a), positivo (a), entusiasta. Todos estes meus valores estarão intensamente focados em servir meus clientes, com os melhores serviços do mercado. ”

Percebeu que esta declaração de missão também diz o tipo de pessoa que você vai ser em suas interações com os outros? 

Pois é, e esta é a importância dessa parte do seu planejamento.

É que coerência e a constância entre o que você prometeu a si mesmo (a) e o que você fará profissionalmente determinarão o sucesso de sua carreira. 

3º – Determinando os seus pontos fortes

Responda para si mesmo (a):

Que habilidades eu possuo para realizar algo, em que as pessoas estão dispostas a pagar para ter?

  • O que faço muito bem? 
  • O que posso fazer melhor que os outros? 
  • O que eu fiz particularmente bem no passado?

Os resultados de suas respostas é que determinarão seus pontos fortes.

Aplicando energia e seu tempo para desenvolver esses pontos fortes, é o que determinarão os tipos de recompensas que você quer na vida. 

Se você deseja aumentar a qualidade e quantidade de suas recompensas, você tem que aumentar sua capacidade de produzir mais ou se diferenciar em qualidade. 

Lembre-se mais: você deve diferenciar-se naquilo que o comprador do seu produto e serviço realmente valoriza.

O valor que o cliente está disposto a pagar será determinado por três variáveis:

  1. O tipo de produto ou serviço que você faz; 
  2. Como você faz esse trabalho e;
  3. A dificuldade que este “cliente” terá em substituí-lo por algum concorrente.

Quando falo em cliente, pode ser seu chefe, empregador ou a quem você presta serviço.

É claro, que as leis de oferta e procura também afetarão o mercado de trabalho em que você atua. 

Empregadores ou clientes sempre procurarão obter o máximo pelo menor preço.

Porém, veja essa frase de Abraham Lincoln:

A única segurança que uma pessoa pode ter para ser bem remunerado é ter a capacidade de fazer um trabalho extraordinariamente bem”.

Repare então, o seu objetivo deve ser, tornar-se tão bom em sua área que o as pessoas tenham dificuldade em substituí-lo (a). 

Essa é a maneira de garantir que você sempre será bem pago, pois é muito difícil alcançar o nível de qualidade e resultado que você entrega

4º – Você definirá os seus objetivos

Bem, você já sabe seus valores, declarou a sua missão e conhece os seus pontos fortes. Agora para atingir tudo o que você prometeu a si mesmo precisa definir seus objetivos.

Uma das melhores técnicas mentais para resolver isso é se imaginar como um “pacote de recursos” à serem utilizados para alcançar uma variedade de objetivos.

Leve em conta que a quantidade de tempo e energia tem limites!

Assim, esses recursos, tempo e energia, devem ser priorizados e concentrados em seu melhor e maior uso nos seus principais objetivos.

Para definir seus objetivos pense:

O que você poderia fazer para maximizar as suas ações para desenvolver algo, e no que você deve concentrar seu tempo e energia?

Então, os objetivos são ações que fazem a missão se concretizar.

Por exemplo: vamos imaginar que a sua missão fosse estar entre os 10 melhores vendedores da sua empresa.

Para concretizar essa missão pode, dependendo do caso ser: fazer o curso de spin selling até final do ano de 2020, fazer networking com mais 3 gerentes de vendas até o final do ano corrente, começar um MBA na FGV no 1º semestre de 2021, fazer um curso de atendimento ao cliente no SENAC de sua região no mês que vem.

Veja, é importante determinar o tempo que você vai concluir essas tarefa para caminhar rumo ao seu objetivo.

Lembre-se então: defina seus objetivos com base na missão que você determinou para si mesmo, levando em conta o seu tempo, sua energia e seus pontos fortes.

5º – Assuma o controle da sua “empresa Você S/A”

Se você presta um serviço como profissional liberal ou trabalha em uma empresa, não importa:

Você deve se imaginar como se fosse presidente da sua própria organização de serviços pessoais. 

Assuma o controle de você mesmo (a).

Você deve ser o responsável pela sua produção, controle de qualidade das suas entregas, do seu próprio treinamento e desenvolvimento e do seu marketing pessoal.

Recomendo deixar para trás qualquer crença que limite você a pensar como um empregado do passado.

Estamos ingressando em uma nova era em que a junção de tecnologias físicas, digitais e biológicas vai modificar totalmente a forma como trabalhamos.

Mesmo que você seja um funcionário de alguma empresa, assuma definitivamente toda a responsabilidade por tudo o que acontece com você.

Pensar em si mesmo passivamente, sujeito aos ditames de outra pessoa, pode ser fatal para seu sucesso em longo prazo. 

Repito, mesmo que atue numa empresa, o seu mindset agora deverá ser o de um profissional autônomo. 

Cabe a você decidir como utilizar seus pontos fortes e habilidades de modo a obter o mais alto retorno sobre o investimento de seu tempo e sua energia. 

Claro que alguém poderá guiá-lo (a), direcioná-lo (a) ao que é mais correto e assertivo e até mesmo abrir oportunidades a você. 

Não há dúvidas da importância e do valor que relações humanas representam para você.

6º –  Clareza de onde quer chegar

Bem, você definiu seus valores, sua missão, descobriu seus pontos fortes e seus objetivos. Sabe também que o controle de sua carreira está em suas mãos por isso buscou se desenvolver investindo no seu conhecimento.

Agora você precisa olhar pra frente para o seu trabalho e habilidades atuais, e pergunte a si mesmo:

“Onde eu quero estar em três ou cinco anos?” 

Para responder essa pergunta a você, reflita agora:

  • Que tipo de trabalho você quer fazer? 
  • Com que tipo de pessoas você quer trabalhar? 
  • Qual o nível de responsabilidade que você deseja? 
  • Quanto você irá querer ganhar? 
  • Em que parte do país você quer morar?

Você pode refletir por vários dias, mas precisará responder essas questões a você mesmo (a).

Deixe sua imaginação correr livremente por um tempo. 

Neste primeiro momento, imagine que não há limitações sobre o que você pode fazer ou ser e aonde você irá querer estar.

Imagine que todas as opções estejam abertas para você.

Mais uma vez volte a pensar naquele profissional que você deseja se espelhar como profissional e também o seu tipo de vida que pretende ter.

Anote para você mesmo (a), os tipos de mudanças que você teria que fazer em sua vida para ser como essa pessoa.

Você pode usar os sucessos e realizações de outras pessoas como exemplos para ajudá-lo a decidir aonde você quer chegar.

Mas, no final de sua jornada específica você continuará ainda a ser único e diferente e alcançará sucesso do seu jeito.

Nas suas anotações faça uma avaliação honesta de seus pontos fortes e fracos, suas ameaças e oportunidades. Com certeza você estará em uma posição perfeita para começar a olhar para o futuro. 

Finalmente, no planejamento estratégico pessoal, o objetivo é sempre alcançar a liderança na área escolhida por você.

7º – A chave para uma vida próspera e até feliz

Tenha em mente:

O que você está fazendo hoje, não está nem perto do que você é realmente capaz de realizar. 

A chave para uma vida próspera e até feliz é:

  • avaliar regularmente seus pontos fortes e fracos;
  • tornar-se muito bom nas áreas de que mais gosta e;
  • dedicar todo o seu coração a sua área de especialidade.

E para ajudar você, Baixe aqui um questionário que deve servir como guia para você descobrir seus valores, missão, objetivos. Espero seu comentário.

Vá em frente!

Este artigo foi Inspirado em Brian Tracy – O Ciclo do Sucesso: Como Descobrir Suas Reais Metas e Chegar Aonde Você Quer

5 Comments

  1. Earl Nightingale disse algo como: Tudo que tem preço, independentemente do valor, é barrato. E tudo que nos é dado de graça não tem preço. Agradeço a Deus pela tua existência e por partilhar conosco conhecimento de valor Inestimável.
    Deus te abençoe João. “Va em frente “.

    • Obrigado Célio. Vá em frente!

  2. Olá, ainda tenho dificuldade de descobrir o meu ponto forte e fracos, porém eu já sei onde quero chegar!! Outra lado da moeda que reseguinifico o meu estado atual e não sei o que me bloqueia não consigo localizar onde eu estou errando nós meus projetos.
    Gosto do seu trabalho!! Muitas vezes consigo refletir e me reestrutura mental mente. Parabéns

  3. Obrigada Francisco!
    Como sempre uma luz no nosso caminho!

    • Obrigado Lua, que bom que você tem aproveitados meus conteúdos.
      Vá em frente!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Podemos Ajudar?