Como traçar metas e objetivos pessoais

Saber como traçar metas e objetivos pessoais é crucial para você ter sucesso em sua caminhada.

É necessário compreender onde você quer chegar para poder criar as rotas que te levarão a estes objetivos.

Isto é, ter clareza quanto ao que você está buscando realizar, pois se você não souber o que está procurando, nunca irá encontrar.

Eu já testemunhei muitas histórias em minha carreira executiva de pessoas que sonhavam realizar algo diferente do que faziam.

Algumas desejavam migrar de cargo ou função dentro da própria empresa outras almejavam começar algo novo fora.

Mas muitas delas, por medo ou por não saber como dar esse próximo passo, acabavam deixando seus sonhos de lado.

Algumas dessas pessoas não sabiam definir objetivos, apenas queriam fazer algo diferente.

E este passo é importante e pode ser que você esteja se perguntando sobre o assunto.

Sobre isso, já falei anteriormente aqui no blog e você pode ler no artigo Por que você precisa de um plano de desenvolvimento profissional e pessoal.

Havia também um outro grupo de pessoas que sabiam o que queriam, mas não sabiam como virar essa chave.

E é sobre esse assunto que eu gostaria de tratar aqui no artigo.

Vou mostrar alguns passos de como traçar metas e objetivos pessoais e espero ajudar você a encontrar com mais facilidade o seu caminho.

Como traçar metas e objetivos pessoais em 4 passos

Para saber como traçar metas e objetivos pessoais, precisamos quebrar essa missão em 4 etapas.

  1. Ser preciso;
  2. Definir prioridades;
  3. Definir metas de desempenho;
  4. Definir metas realistas.

Mas, João, como fazer isso de forma prática?

Calma, vou explicar melhor a partir de agora cada um dos pontos.

 

  

1. Ser preciso

Quanto mais específico você for ao traçar metas e objetivos pessoais, mais chances terá de sucesso.

Isso porque sendo preciso você evita um possível atalho para um caminho errado.

Portanto, seja muito detalhista no seu objetivo. Tanto no que você quer como em quanto tempo você pretende atingir.

Ao fazer isso, você saberá exatamente se atingiu ou não sua meta pessoal.

 

2. Definir prioridades

Provavelmente você já ouviu aquela famosa frase que diz: “quem muito quer, nada tem”.

De fato, quando falamos sobre como traçar metas e objetivos pessoais, vem à tona as questões de prioridades.

Tudo bem se você tiver mais de um objetivo, mas classifique-os por ordem de importância.

Isso irá ajudar você a não se sentir sobrecarregado ao ter muitas metas e também a direcionar a atenção às mais importantes.

 

3. Definir metas de desempenho

Pode parecer estranho, mas já vi pessoas desistirem de seus sonhos por não estarem acompanhando o desempenho e o andamento do objetivo traçado.

De nada adianta você ter no papel tudo bem mapeado se não realizar um acompanhamento recorrente dessas metas.

Por exemplo, se o seu objetivo for uma grande promoção em até 5 anos, avalie com o passar do tempo quanto falta para ter previsibilidade sobre o atingimento desta meta.

Se for juntar 1 milhão de reais em 20 anos, avalie sempre quanto você tem para saber quanto falta para conquistar o objetivo.

 

4. Definir metas realistas

Este é um dos pontos mais importantes para quem precisa entender como traçar metas e objetivos pessoas.

Vamos supor que você realizou perfeitamente todos os passos anteriores.

Porém, a meta é completamente irrealista. Não vai dar certo se esse for o caso, por maior que seja se esforço.

É importante definir metas que você pode alcançar.

Isso não significa que você não possa ter objetivos complexos e difíceis de serem realizados.

Significa que você deve ter ciência da dificuldade e acreditar que sim, é possível atingi-los.

O Método SMART

Um método muito conceituado nos últimos anos e que merece destaque é o SMART.

Esse conceito ganhou força recentemente, mas a primeira vez que foi citado já faz bastante tempo.

Foi em 1981 que George Doran escreveu um artigo e conceituou esse acrônimo pela primeira vez.

O conceito de SMART é importante de ser conhecido caso você queira saber como traçar metas e objetivos pessoais, pois tem total relação com o assunto.

Significa:

  • S – Specific (Específico)
  • M – Measurable (Mensurável)
  • A – Attainable (Atingível)
  • R – Relevant (Relevante)
  • T – Time-bound (Limite de tempo)

Agora pare e pense. O seu objetivo é específico, mensurável, atingível, relevante e tem um prazo para ser realizado?

Espero que sim, pois essa é a melhor forma de traçar metas e de acompanhá-las ao longo da sua trajetória.

Quer um exemplo?

Vamos dessa vez buscar um objetivo bem pessoal. Imagine que o seu sonho seja “navegar pelo mundo”.

Muito interessante, mas um pouco vago, não é mesmo?

Em vez disso, mude o objetivo para: “Quero dar a volta ao mundo de barco em 6 meses, começando em agosto de 2023”.

Outro exemplo pode ser: “ter meu próprio negócio”.

Este é o sonho de muitos, mas também é um pouco vago se for mostrado dessa forma. Então tente desenvolver para:

“Quero fundar minha própria empresa de consultoria de marketing até 2020”.

E então? Está pronto para traçar suas metas e objetivos pessoais depois dessas dicas?

Espero que sim. Aproveito para recomendar um material que acredito ser bastante útil para você nesta etapa.

É o meu e-book Planejamento de carreira e sucesso profissional: 7 segredos impactplayer, disponível aqui para leitura gratuita.

Vá em frente!

11 respostas

    1. Muito bom!!
      Este conteúdo me ajudou a notar algumas áreas que não sabia de como traçar. Mas assim que fiz a leitura deste conteúdo bem feito mudarei a maneira de traçar.

    1. Que bom, Márcia. Fico feliz com o seu comentário. É bom saber que estamos ajudando você a definir objetivos. Logo, logo lançarei um novo video para você, ok? Espero que também aprecies. Vá em frente!!

  1. Muito bom!!
    Este conteúdo me ajudou a notar algumas áreas que não sabia de como traçar. Mas assim que fiz a leitura deste conteúdo bem feito mudarei a maneira de traçar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você procura?

Sobre João Francisco

O termo Impact Player nasceu do esporte, sendo associado a jogadores que fazem a diferença apenas por estarem em campo, capazes de elevar a confiança de um grupo com sua presença. 

Ou seja, um Impact Player é aquele que faz jogadas individuais incríveis, no entanto, seu principal valor está no papel estratégico que exerce sobre o seu ambiente, no momento em que sabe que o sucesso não é alcançado repentinamente.

Posts recentes

Posts populares

Open chat
Podemos Ajudar?