Entenda como influenciar para conquistar o “sim”

Você já parou para pensar na importância de influenciar pessoas em seu dia a dia? Ao contrário do que o senso comum, exercer a própria influência nada tem a ver com manipulação.

Na verdade, ela se relaciona com a busca por se tornar admirável. E isso não pode ser conquistado por meio de decisões baseadas em meias verdades, não é mesmo?

Quem exerce influência está sempre buscando realizar negociações que sejam de ganha-ganha. Uma pessoa influente usa as próprias habilidades para que aqueles que estão ao redor deem o melhor de si. Saiba como influenciar pessoas e fazer com que elas digam “sim”:

Tenha foco

Em entrevista à revista Época, o autor Daniel Goleman (Inteligência emocional e Foco) afirma que o foco é um aspecto de peso para conquistarmos a inteligência emocional. Ter foco nos próprios sentimentos nos permite entender os motivos de sentir o que sentimos e o que fazer com essas emoções.

Isso também ocorre com as pessoas ao redor. Entender os sentimentos daqueles que fazem parte da nossa vida, bem como compreender por que eles se sentem assim e o que fazer em relação a essas situações melhora a percepção do outro e, consequentemente, a nossa inteligência emocional.

Segundo Goleman, é comum que os líderes percam o foco quanto às pessoas com quem convivem, pois estão sempre concentrados em cumprir metas. Essa preocupação excessiva com resultados os faz esquecer que as suas decisões têm impacto na vida dos colaboradores, criando um ambiente hostil.

Por isso, lembre-se de que a atenção é como um músculo mental que precisa ser exercitado, assim como fazemos com outras partes do corpo. Exercícios de esvaziamento da mente e meditação podem ajudar nessa tarefa.

Evite críticas, reprovações e reclamações

Qualquer pessoa pode criticar, condenar ou reclamar, mas é preciso personalidade e autocontrole para ser compreensivo e indulgente.

Os líderes precisam entender quando os colaboradores não estão cumprindo expectativas, mas também reconhecer o que está funcionando, evitando ressentimentos e encorajando aprimoramentos.

Elogie as conquistas das pessoas

O autor Dale Carnegie afirma que as habilidades murcham sob as críticas, mas florescem sob o encorajamento. É preciso ser generoso com elogios!

Contudo, tome cuidado: todos nós gostamos de ser apreciados e reconhecidos, fazendo todo o possível para conquistar isso. Porém, ninguém gosta de bajulação. Elogie de uma forma genuína, admirando verdadeiramente as habilidades das pessoas.

Seja um ouvinte atento

Permita que a outra pessoa fale durante a maior parte da conversa. Demonstre ser um ouvinte atento e faça perguntas estimulantes, de forma que a outra se sinta à vontade para apresentar os próprios argumentos.

Aos poucos e delicadamente, direcione a pessoa para o entendimento da sua ideia. Todas as vezes que as ideias da pessoa convergirem em direção às suas mostre-se simpático.

Cultive a empatia

A única forma de influenciar outras pessoas é conversar sobre o que elas querem e mostrar-lhes como chegar a isso.

Henry Ford acreditava que, se havia um segredo para o sucesso, ele estava na habilidade de entender outros pontos de vista e ver as coisas sob outros ângulos, da mesma forma que as vemos sob os nossos.

Não entre em discussões

Mesmo que a outra pessoa tenha um ponto de vista diferente do seu, não entre em discussões. Geralmente, elas envolvem ferir uma pessoa a fim de convencê-la e, nesses casos, é muito difícil que ela adote outro ponto de vista.

Para convencer uma pessoa, não diga diretamente que ela está errada. Procure ver a situação sob diferentes pontos de vista, compreendendo que, em condições diferentes, você poderia pensar da mesma forma.

Viu só como a arte de influenciar pessoas não é fruto de mágica, mas de exercícios diários? O livro Como fazer amigos e influenciar pessoas foi publicado em 1937 e contém uma série de informações datadas, mas ainda é uma ótima referência na arte de se socializar e mostrar as suas ideias ao mundo.

Confira, ainda, o nosso vídeo com seis sacadas para conseguir um SIM. Todas elas foram baseadas na obra de Robert Cialdini, o autor do best-seller As armas da persuasão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você procura?

Sobre João Francisco

O termo Impact Player nasceu do esporte, sendo associado a jogadores que fazem a diferença apenas por estarem em campo, capazes de elevar a confiança de um grupo com sua presença. 

Ou seja, um Impact Player é aquele que faz jogadas individuais incríveis, no entanto, seu principal valor está no papel estratégico que exerce sobre o seu ambiente, no momento em que sabe que o sucesso não é alcançado repentinamente.

Posts recentes

Posts populares

Open chat
Podemos Ajudar?